Bidyou

Em que eu posso te ajudar?

Olá, caso necessite e qualquer informação, não exite em nos enviar uma mensagem.

Perguntas Frequentes

Aqui você encontra perguntas mais frequentes. Caso ainda tenhas dúvidas, entre em contato.

  • Evento realizado para vender imóveis penhorados pela Justiça, para garantir o pagamento de dívidas, ou retomados por construtoras ou incorporadoras ou instituições financeiras, em virtude de inadimplência no financiamento imobiliário.

  • Arrematar é vencer o leilão adquirindo o bem colocado à venda, ao dar o lance mais alto, ou seja, fazer a maior oferta.

  • As condições do Edital definem a responsabilidade. A Bidyou Assessoria sempre valida todos os detalhes como a existência de possíveis dívidas, tais como, IPTU ou condomínio ou outros, permitindo maior transparência e segurança na sua tomada de decisão.

  • As condições de forma de pagamento estão definidas no edital de leilão. Podem existir situações com financiamento e/ou à vista. A Bidyou Assessoria verifica criteriosamente todas as condições do Edital de cada Leilão orientando as formas de pagamento antes da participação no leilão.

  • O leilão é aberto ao público, podendo participar qualquer Pessoa Física desde que tenha 18 anos ou mais, e em alguns casos também na posição de Pessoa Jurídica. De acordo com a lei, tutores, curadores, testamenteiros, administradores, síndicos e liquidantes não podem comprar em leilões os bens que foram confiados a eles.

  • Na Bidyou Assessoria sua participação se dará em leilões de imóveis retomados por instituições financeiras ou incorporadoras, e também temos opções de leilões judiciais selecionados com menor risco.

  • Imóveis vendidos na condição de "ocupado" não podem ser visitados, os imóveis na condição de “desocupado” em alguns casos é possível visitação com agendamento prévio. A equipe BidYou fará a devida análise e orientação aos interessados.

  • Para desocupar um imóvel a Bidyou Assessoria conta com suporte jurídico especializado que ingressará com ação de imissão na posse (no caso de leilões extrajudiciais) ou irá solicitar diretamente ao juiz em caso de leilões judiciais.

  • A Bidyou Assessoria gerencia e encarrega de todas as etapas para regularizar a venda de leilões extrajudiciais e judiciais quando necessário e registra o imóvel para o nome do comprador e aciona o juiz na etapa de imissão na posse.

  • Sim. A Bidyou Assessoria elaborará uma avaliação jurídica e comercial do imóvel selecionado. Em seguida apresentará o resultado ao possível comprador permitindo acesso e validação de todas as informações de forma simples, clara e segura para sua tomada de decisão.

  • O leilão JUDICIAL oferece imóveis penhorados para garantir o pagamento de dívidas. A penhora do bem é decorrente de uma divida executada por falta de recursos financeiros para arcar com a quitação necessária. O leilão EXTRAJUDICIAL oferece imóveis retomados pelo credor porque as prestações do financiamento não foram pagas. São bens que vão a leilão por inadimplência. A legislação brasileira obriga as empresas a vender os imóveis retomados sempre por meio de leilões.   O imóvel é vendido, a dívida é paga, e o restante do dinheiro, se houver e couber, é devolvido ao proprietário original.

  • Empréstimo com Garantia de Imóvel é a maneira que um cliente pode adquirir crédito fácil, usando o seu imóvel como forma de garantia à instituição financeira. Com taxas de juros mais atrativas, prazos mais longos para pagar em até 20 anos e condições especiais, o cliente consegue solicitar o crédito pretendido sem uma finalidade específica, devendo sempre utilizar o crédito de forma consciente e com planejamento prévio.

  • É possível desde que o saldo devedor seja quitado com o novo financiamento.

  • A parcela mensal de um financiamento, independente da instituição financeira contratada, é composta pelos seguintes custos: • Amortização: o valor da parcela destinado a 'abater a dívida' com o banco • Juros: o valor da parcela destinado à cobrança de juros pelos bancos • Seguro contra Morte de Invalidez Permanente (MIP): cobrança obrigatória por lei que quita sua dívida com o banco em caso de morte • Seguro contra Danos Físicos ao Imóvel (DFI): Cobrança obrigatória por lei que protege o banco caso o imóvel sofra um dano irreparável

  • As instituições financeiras têm o direito de pedir comprovação de uma renda mínima mensal para liberar um financiamento, relacionada com o valor da parcela. Essa é a 'regra dos 30%'. O cliente precisa comprovar uma renda aproximada 3 x maior que o valor da parcela. Como comprovar: Toda renda é comprovada através de holerite e imposto de renda. É possível utilizar mais de um CPF para compor a renda mínima (por exemplo, somar a renda de entes familiares).

  • Embora as instituições financeiras abram algumas exceções caso a caso, pela lei um cliente precisa dar 20% do valor de imóvel como entrada (pagamento a vista).

Informações sobre a Política de Privacidade

Para adaptar o conteúdo disponibilizado no nosso site e adaptá-lo às suas necessidades individuais, utilizamos as informações guardadas através de cookies. Você pode controlar os cookies usando as configurações do seu navegador. Ao continuar a usar o site sem alterar as configurações do navegador, você aceita o uso de cookies. Mais informações podem ser encontradas na Política de Privacidade .